Bloglines: Soluções para information junkies de plantão

Descobri somente esta semana para que serve o tal do Bloglines. Na verdade, nem sabia direito para que servia estes arquivos XML perdidos na raiz deste site até ver a quantidade de gente que assina o blog através dele. Andei mostrando o sisteminha para meio mundo aqui no projeto e continuarei evangelizando meus amigos viciados em informação. 8:)

O Bloglines, até onde pude perceber, é uma solução que junta todos os artigos espalhados pelos blogs e sites informacionais de diferentes sistemas numa única interface bem simplificada. Tudo via RSS. É possível ver rapidamente que sites foram atualizados desde a sua última visita ou num determinado período de tempo. A interface dele mudou de ontem para hoje e está com novas funcionalidades.

Como o RSS parece ser ainda um bicho de sete cabeças para a galera de arquitetura de informação e conteúdo, a estrutura da informação ainda é pouco explorada. Há várias possibilidades! Alguns artigos são formatados para serem mostrados com todo o conteúdo. Outros trazem apenas a mesma chamada da página inicial, que nem sempre é a mais apropriada para este tipo de sistema. De qualquer forma, cada site é um site e a estrutura deve ser discutida em conjunto na equipe (mesmo que seja uma equipe de um 8;D).

Um outro grande benefício deste sistema é a estrutura de diretórios, semelhante a um favoritos. Dei até um tempo nas comunidades do Orkut para aprender a mexer direitinho nesta coisa e conhecer bem cada blog antes de liberar meu blogroll. Quero organizar meus diretórios por blogs técnicos, blogs dos amigos, sites de notícias. Estou a todo custo evitando o termo “miscelânea”. Mas tenho algumas dúvidas ainda na hora de separar por diretórios.

Por exemplo, eu não classificaria o meu blog como de desenvolvimento, como alguns leitores fizeram, visto que ele era um blog sobre usabilidade em outra encarnação. Mas seria um blog de usabilidade ainda? Ou de design? Ou de arquitetura da informação? Ou ainda de fofocas de bastidores? [quem sou eu? onde estou?]

Espero descobrir, com o tempo, como pensam os leitores do Bloglines. Cada um se torna um arquiteto da informação das suas coisas. Será que eles se dão conta disso? No momento que ele publica seu blogroll, ele se torna um AI de verdade? Que informações ele precisa para organizar melhor o seu diretório e fazer seus amigos entenderem direitinho?

Obs.: Não estou magoada por rotularem o blog como desenvolvimento, tá? É apenas crise de identidade mesmo. 8:P

Saiba mais sobre RSS:

E mais:

Por | Alterado em 07/07/04 às 11:07

Comentários

  1. Olá…. muito legal o Bloglines mesmo… tb resolvi conhecê-lo essa semana e estou gostando muito. E gostei dos assuntos abordados aqui no seu blog….
    []Âás

  2. Robson Santos disse:

    Pois é, minha querida… não teve jeito, acabei assinando o Bloglines também…
    Ah, o interfaceanco tem Atom:
    http://interfaceando.blogspot.com/atom.xml

  3. sweethell disse:

    pois eu encontrei o bloglines depois q o spark comentou q vc estava viciada nele, e acabei ficando viciada também! esse bichinho me fez voltar a ter prazer de ler blogs individuais – atividade que já não exercia há algum tempo – com a vantagem de ainda poder manter minhas leituras do livejournal, já que o bloglines e o livejournal têm integração.

    na verdade, o bloglines (e o RSS) funciona quase como a friends list do livejournal, que para mim sempre foi, junto com a feature de memories, um dos grandes trunfos do sistema em relação a outros sistemas de blog, incluindo aí wordpresses e typepads da vida.

    estou adorando! difícil vai ser controlar o excesso de informação agora… ;)

Faça um comentário

*